segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

CSA, CRB e os amistosos II

Ontem o CSA protagonizou mais um vexame, ao perder, de goleada, para o Santa Cruz do Recife-PE, no estádio do Arruda.
Foram impiedosos 4 a 1.
Tudo bem que o técnico Lino disse que não queria esse amistoso porque o time azulino ainda está em preparação. Mas ele já não conhece o Santa Cruz???
E outra: que diferença faz ter jogado ontem com o Santa e jogar no próximo domingo contra o CRB - apenas uma semana depois? E pior: com o CRB será valendo pontos e pelo início da briga no Campeonato Alagoano.
Será que o treinador azulino queria que o CSA jogasse com seleção desse ou daquele lugar? Com times inexpressivos, de bairros?
Ele queria isso para o CSA vencer e dizer que o time está maravilhoso, está pronto e preparado para o Alagoano? Ou seja, esconder as mazelas?
Acho que essa desculpa do Lino, realmente, é muito esfarrapada.
O jogo amistoso de ontem mostrou que ainda é preciso fazer muita coisa, SIM, no time do CSA.
Quanto ao CRB, venceu o América-PE, por 1x0 apenas, na Pajuçara. Mas venceu.
Dizem que o Galo não jogou lá essas coisas todas e que também ainda precisa de ajustes.
Mas eu pergunto: qual a motivação maior para o Clássico das Multidões?
- Jogar e perder por 4x1 para o Santa Cruz
- Jogar e vencer apertado, mas vencer, por 1x0, o América-PE
É o que vamos ver no domingo que vem.

Um comentário:

Luciano Arthur Paffer Padilha disse...

O CRB começou até bem. Fernando Sá meteu uma bola na trave e o Daniel fez um belo gol. Mas depois, ficou um jogo horrível. Não teve um lance perigoso. Mas temos que considerar que foi o primeiro jogo do ano, foi apenas um amistoso.

Johnnattan no primeiro tempo jogo como lateral-direito e no segundo jogou como volante, eu gostei muito do Johnnattan. Gostei também do Júnior, ele lembra o Miranda. Ítalo, seguro como sempre. Rafinha chegava com perigo no ataque. O Valdeir entrou muito bem no lugar do Rafinha. Daniel, dispensa comentários. Gostei também do Éder no segundo tempo. E dos meias Marquinhos Alagoano e Alan, Alan joga fácil, Marquinhos também é ótimo jogador. Na frente o Fernando Sá é centrovante. Porém, no primeiro tempo o time não tinha meia, ele tinha que voltar para pegar a bola e como ele não era habilidoso e rápido, perdia a bola. Não deu para analisar bem esse jogador.

Não gostei do Edson, do Tony Maraial (como sempre) e do Pollosco. Porém, o Pollosco foi o primeiro jogo profissional dele. Mas ele foi mal. Preferia que o Ivanildo jogasse e deixasse o filho dele em casa mesmo. Rodrigo Santos está gordinho, precisa melhorar, entretanto, não comprometeu.

O CRB precisa de um goleiro, um lateral-direito, um meia e um atacante que jogue nas beiradas do campo, estilo o Edmar. Com o que tempos hoje, o time para o clássico seria: Adriano; Lucas, Júnior, Ítalo, Rafinha; Éder, Daniel, Johnnattan, Marquinhos Alagoano, Alan; Fernando Sá. O ataque eu coloquei só o Fernando Sá porque não vi o Serginho, o Hállace e o Gil Xavier jogar. Com esse time, com certeza, dá para golear o CSA.