quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ano-Novo, velhos problemas

É sempre assim. O novo ano vem, mas os velhos problemas do futebol alagoano insistem em continuar.
É o caso dos estádios para a realização dos jogos do Campeonato Alagoano que começa no próximo dia 15.
Dá pra acreditar que tem estádios que ainda não foram liberados porque não entregaram os laudos das vistorias do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea)?
Pois acredite. Está liberada apenas metade dos estádios que irão sediar os jogos. São eles: Rei Pelé, Nelsão (Corinthians), Coaracy da Mata (ASA - em Arapiraca), Luiz Pontes (Sport - em Atalaia) e Olival Elias de Morais (Santa Rita - em Boca da Mata).
Estão pendentes: José Gomes da Costa (Murici), Arnon de Mello (Ipanema), Gérson Amaral (Coruripe), Severiano Gomes Filho (CRB) e Juca Sampaio (CSE - em Palmeira dos Índios).
Todo ano é a mesma coisa. O Campeonato Alagoano termina no meio do ano, os gestores dos estádios têm o restante do ano todinho para ajeitar suas praças esportivas, mas não o fazem.
Deixam tudo para última hora. Resultado: estamos às portas do Campeonato Alagoano 2011 e os problemas não foram resolvidos, ou seja, as exigências sa Comissão de Vistorias não foram cumpridas.
Daí a Federação Alagoana de Futebol (FAF) tem que apelar aos velhos e conhecidos Termos de Ajuste de Conduta, para que os jogos possam ser realizados e esses problemas não atrapalhem o Alagoano.
É lamentável. Sinceramente, o nosso futebol ainda é muito amador.

Um comentário:

Luciano Arthur Paffer Padilha disse...

Já estava demorando isso.

Pior que se passam meses com os estádios parados, nos quais os reparos e as devidas vistorias poderiam ser realizadas tranquilamente. Mas sempre deixam para a última hora.

Sou contra jogos do CRB no Rei Pelé, salvo contra o ASA e o CSA. Apesar de o Severiano ser menos confortável, ao menos é nosso e não precisaríamos pagar aluguel.