quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Que tipo de pai é você????

Achei muito interessante esta postagem que retirei do blog do Marlon Araújo, meu amigo do coração.
E decidi postar aqui pra vocês.
Vale à pena, pois é muito legal, principalmente pra você que é pai e desportista. Ou que tem um filho atleta. 
Vejamos:

Amigos, nestes dias tenho visto diversos jogos de Futebol e Futsal nas categorias até 15 anos, confesso que me chamou atenção o comportamento dos Pais dos atletas, faremos agora uma classificação dos “tipos de pais”, relacionando-os com o futuro de seus respectivos “filhos-atletas”. É importante ressaltar que essa classificação é totalmente arbitrária e baseada em nossa experiência prática.


1- Pai Desinteressado:
Aqueles que nunca assistem a um jogo ou treino do filho e, pior do que isso, (afinal, às vezes, a condição social ou mesmo a distância, impedem que isso seja possível)
Nunca se preocupam em saber como “as coisas estão”.

2- Pai Treinador:
Aqueles que praticam ou praticaram o mesmo esporte que o filho e sentem-se no direito de orientar o mesmo, substituindo a função do técnico. Geralmente, cumprem essa tarefa nos horários extra-campo.
O jovem sente-se confuso sobre quem seguir (o técnico ou o pai), atrapalhando o trabalho do profissional e do atleta.
A quantidade de informações e a pressão exercida por esse tipo de pai é responsável pela desistência de muitos jovens talentos.

3- Pai de Alambrado:
É o mais engraçado! Ficam no alambrado esbravejando enquanto os filhos jogam. Dispõem de enormes cordas vocais e vocabulário “nobre” para indicarem as melhores jogadas durante a partida.
Narram o jogo e endoidecem quando seus filhos não fazem aquilo que foi ordenado. Normalmente atacam a arbitragem de tudo que você imaginar.

4- Pai Fanático:
Sempre discordam da decisão do treinador. Não estão nem um pouco preocupados com o desenvolvimento da equipe.
Se os seus filhos estiverem entre “os onze”, está tudo ótimo: afinal, seus filhos são craques!

5- Pai Frustrado:
Fui buscar ajuda na Psicologia, pois ela já tem um consenso acerca desse tipo de pai - “Projeção”.
Tentaram ser atleta profissional um dia e não conseguiram.
O problema é que mesmo adultos continuam tentando através de seus filhos. Fazem de tudo para que seus filhos sejam jogadores de futebol, muitas vezes coagindo os jovens a continuar treinando.

6- Pai Consciente:
Cada vez mais em extinção! Busca o melhor para o filho, tanto em relação aos profissionais que estão formando-o, quanto em relação à filosofia de trabalho da Instituição que o mesmo está vinculado.
Preocupam-se com o futuro do filho, exigindo que o mesmo estude.
Aceitam de forma saudável a admiração que seu filho passa a ter pelo comandante (se esse fizer por merecer é claro!) dentro de campo.
Limita-se a torcer pelo filho e a responder perguntas que lhe são feitas acerca da partida. ajudam a formar cidadãos dentro e fora do campo, dando exemplo de comportamento e educação, respeitando os árbitros os adversários e os colegas de seus filhos.

Cabe a você papai a opção a ser escolhida e deve ser pensada com carinho, afinal, você pode ajudar a construir ou destruir a carreira do seu filho, que venha ser a pessoa que você mais ama.

3 comentários:

Marlon araújo disse...

Que honra fernandinha !!!, tem muitos que se identificaram em cada tipo de pai.kkkkkkkk

Fernandinha disse...

O pai de alambrado é mto engraçado.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Luciano Arthur Paffer Padilha disse...

Meu pai é aquele do alambrado, gostei muito desse post, ficou legal, Marlon